sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Marionetes Baianas

Começou essa semana a passar na tv o Festival de Verão de Salvador, em uma das muitas noites sem dormi fui assistir essa festividade. Começei a observar como somos facéis de virar marionetes, desde BBB que observo isso, mas perceber a dominação daquele "de cima" sobre os pobres mortais "de baixo" de um tamanho gigantesco como neste Festival assusta muito mais que apenas com os 16 participantes dentro de uma "casa fantástica". Com certeza é divertido, principalmente por não precisar pensar para nada, pois até os movimentos do corpo alguém te fala - " todo mundo virado pra direita com a mão no ombro do da frente e desce até o chão ". Uma forma de diversão, apenas? Talvez. Porém, na minha opinião, só mais um "jeitinho brasileiro" de escapar dos problemas irrisórios que ninguém nunca conseguiu resolver por aqui. Se bem que depois de assistir uma análise sobre o significado de cada roupa que a esposa dO presidente do mundo, Obama, vestiu nos últimos dias nada mais devia me assustar...

2 explosões:

B. disse...

É complicado admitir que somos apenas marionetes, quando vamos a esse tipo de micareta..
na verdade, nem paramos para refletir, nesse ímpeto de ¨diversão¨ desenfreada.
Somos os mudos espectadores dessa manipulação, ou os atores principais?

É esse texto nos leva a repensar um conjunto de atitudes..
Perturba um pouco.

P.S.: apaguei o seu comentário. desculpa. por enquanto vou continuar anônimo(a).

Aquela garota branca disse...

é, o meu objetivo era justamente esse, deixar cada um refletindo sobre esses "pequenas" atitudes do nosso dia-a-dia. Para que o sistema não tronsforme todos em robôs.