segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Com orgulho


Consegui concluir, junto com minha turma, o I Encontro Municipal de História em Arari - MA. Junto com ele fizemos também uma ação social em um bairro carente da cidade. O evento foi muito bom, apesar dos imprevistos. Porém, não é dele que quero falar agora e sim, da ação social.

Após tanto sacrifício, confusão, stress, e muito, muito trabalho conseguimos finalizar esse pequeno sonho de forma eficiente. Tudo valeu a pena para mim e me orgulho disso. Porém, nada vai superar meu orgulho e minha felicidade da ação social. Foi incrível. Primeiro por ser minha primeira experiência como professora, não de História, mas de ballet. Segundo por ser com a faixa etária que mais gosto e pretendo trabalhar nela, com crianças. Terceiro por está ao meu lado pessoas, e uma pessoa mais especial, que me apoiou muito.


Mais que tudo isso foi ver o interesse e força de vontade daquelas meninas fofas. Consegui algumas roupinhas de ballet para elas e desde já a empolgação começou, tanto das bem miudinhas - como a Fernanda que ficou com um collant maior que ela, mas tava se sentindo linda (e tava mesmo linda!) e mesmo se distraindo com qualquer coisa e não prestando muita atenção no que eu falava vinha toda hora falar comigo algo sobre balão ou para mostrar sua roupa. Até as meninas maiores que também se distraíam com a música, mas não paravam de treinar a pirueta que ensinei. Tudo isso foi recompensador.


É incrível como pequenos atos melhoram a vida de alguém, como apenas meus parabéns por estarem fazendo certo fazia elas se sentirem mais confiantes e felizes. Impressionante como aquelas poucas horas foram suficiente para elas virem me abraçar e brigarem para segurar minha mão e me chamrem de tia, como esse tempinho foi o bastante para confiarem tanto em mim.


Mesmo eu dormindo pouco, mesmo ficando doente, mesmo com as brigas que houve, mesmo com o calor e até mesmo a bagunça das meninas o que vai ficar para sempre desse momento são os sorrisos, os abraços, a alegria, as criancices, a dança, a cantoria, o carinho e tudo mais que aquelas crianças trouxeram para gente sem nem perceber e mais aquilo que levamos para elas de coração aberto.


Foi realmente maravilhoso e não vou conseguir descrever tudo, pois é indescritível.

6 explosões:

Raysa disse...

Poxa, imagino que ao escrever isso, você foi resumindo com dó pois havia tanta coisa que podia falar... Deve ter sido incrível mesmo. Acho bacana esse seu desejo INCOMUM atualmente de trabalhar com crianças, LOUVÁVEL! Uma responsabilidade e tanto já que você irá ensinar pioneiramente o que elas devem aprender. Deve saber disso. No mais, parabéns a você e ao resto da galera de História que participou. Eu sei que foi uma experiência diferenciada e gratificante pra vocês. Nessas horas, MUITO BOM ADMITIR O ORGULHO, porque foi realmente dez. Beijaaao querida, continue assim :)

Paulo César di Linharez disse...

Participar desse tipo de momentos é interessantíssimo. Recentemente tive uma experiência semelhante em uma escola publica da capital - é bem verdade, um tanto menos dinâmica, eu fui conversar com crianças de terceira série sobre violência e protagonismo infantil- mas acredito que a sensação que nos consumiu foi semelhante. Por outro lado, ao menos em mim, ficou o desejo de participar ativamente da formação social de tais. Por mais que nosso espírito fique regozijado, as necessidades imperiosas das crianças continuam e, não só o futuro, mas o presente da nosso país fica muito comprometido.
Recomendo um filme que retrata um outro lado de quem se "engaja" no social - "Quanto vale ou é por quilo".

No mais, parabéns! e continue assim. Ah, da próxima vez arrasta a Raysa.

Meu cabelo não nega disse...

Putz, que legal!!! Aula de ballet!!
Parabéns!

Maldito disse...

rsrs,..legal, é bom sentir orgulho de si mesmo!

Fúlvio Costa disse...

Oi, passo aqui somente para pedir que você troque os links dos meus blogs [Aspecto Ecológico e Adoro Cinema] que estão em sua lista por esse aqui: http://setimaartebsb.blogspot.com
obrigado. Eu já add sua página na minha lista. Parabéns pelo seu blog

Luciana Clarissa disse...

Minha nossa, que coisa linda! Realmente, ORGULHO é o sentimento certo nesse momento! Parabéns, sinta-se orgulhosa!

;*