sexta-feira, 6 de março de 2009

8 de março




Dia Internacional da Mulher. Comemoro essa data mesmo antes de saber o que ela significa para mundo, ou pelo menos dizem que significa. Me orgulho dessa data por algo diferente que todo mundo e por isso de forma bem mais verdadeira, pois passar um ano inteiro renegando mulheres e as inferiorizando não me mostra sentido nesse dia. A data "especial" é só mais uma forma de esconder problemas e fantasiar um mundo que ainda não temos. Bom, mas a minha comemoração do dia 8 de março, com certeza, é bem mais bonita, verdadeira e especial que essas reportagens insignificantes sobre mulheres. Não festejo gêneros, nem raças, nem postos. Celebro pessoas! E nesse dia, principalmente, uma pessoa em especial. Alguém que não precisa ser mulher para ser homenageado, que possui uma qualidade muito maior que ser mulher, Ele é humano. E com todas as qualidades que uma pessoa precisa ter para ser tão amada. O meu pai é invejável não por ser mulher, claro, mas por possuir uma forma extinta de Conquistar mulheres. Nasceu no dia delas não por acaso, pois ele consegue tocar as mais diferentes mulheres e tranformá-las em pessoas cada vez melhores de um jeito único. Com aquele seu sorriso fácil, seu lema de nunca se estressar e seu caráter admirável ele conquista, todo dia, mulheres mais que especiais para o seu lado. É mais invejável ainda por conquistar não só mulheres, mas pessoas! E pessoas de verdade, com medos, sonhos, lutas, erros...mas pessoas que acreditam nele e o respeitam por isso. No aniversário do meu pai não celebro seu posto de pai (tem um dia pra isso também), mas celebro o ser humano incrível que ele é. Uma pessoa que me espelho e tento ser, pelo menos, metade do que ele representa para mim. Nesse dia da mulher a minha homenagem vai para um Grande homem e para as mulheres que o ajudam a ser este grande homem.




Uma homenagem ao meu pai e às mulheres da vida dele.

5 explosões:

Fernanda disse...

Amiga, muito liindo, e parabéns ao teu papis que nasceu nessa data especial, e a nós mulheres é claro.

Lets Figueiredo disse...

cara! fiquei parada pensando nesse post lindo que tu fizeste.Mostra pra ele, acho que ele vai até chorar! ^^
e ja ia passar no orkut pra dizer pra tu dares parabens pra ele por mim...mas lembrei tbm q tu disses que ia postar um texto que tu tinhas gostado muito que tu fizeste e resolvi passar logo pra ver!sim..não esquece de parabeniza~lo, pelo niver dele, e por ele ter colocado no mundo uma pessoa tão especial pra mim, que és tu! e como ele nao fez isso sozinho..agradece tua mãe também...hehhe...e também pelo dia da mulher! parabens pra nós também!
te amo!

claudelouis disse...

Flor a Lets acertou, chorei... mas foi de felicidade de ter uma filha maravilhosa como vc, és muito generosa, não sou tão bom assim. Bjs amor

Fernanda Mel disse...

Chorei, amei!
Só tu mesmo luh, obra do tio Cláudio e da tia Vânia...
;*

Fúlvio Costa disse...

Interessante post. Uma homenagem a um homem no Dia Internacional da Mulher, esta é inédita, autêntica, e especial mesmo. Este dia realmente não tem sexo, tem sentimentos.
Parabéns!
Estou seguindo o seu blog!