sexta-feira, 12 de junho de 2009

Uma História de Amor


Nos conhecemos em 2006, da forma mais inesperada que eu poderia conhecer alguém, chorava por uma pessoa que me machucou e me aparece um menino falando que não ia me perguntar porque eu tava chorando, depois de 2min de conversa fui para casa sorrindo. Conversamos durante alguns meses com uma telinha de computador separando a gente, durante esse período o destino foi ajudando, em lugares que não imaginava encontrá-lo, lá estava ele. De um forma um pouco estranha ficamos pela primeira vez, como em todas as outras vezes não pensei que ia esbarrar com ele na saída do cinema. Passei um mês viajando e ele começou a fazer milhões de declarações - tudo bem, ele só queria conquistar aquela garotinha bonitinha como fazia com todas, mal sabia ele... - e eu fui adorando aquilo tudo, parecia que estava vivendo algo mágico, pois ninguém nunca tinha feito tudo aquilo por mim. Voltei e depois de um carnaval traumático, começamos a namorar. Não durou quase nada, ele logo terminou comigo por motivos sem sentido. Foi quando começei a ver que eu queria ficar com ele de verdade mesmo, assim fui correr atrás disso, então em um show simplesmente não acreditei no amor dele. Depois disso acho que ele caiu na real. Após quase um mês separados, ele me ligou e fiz a gente voltar! Neste mesmo mês era o meu aniversário e logo ele conheceu minha família inteira! Durante aqueles quase 10 meses juntos, muitas brigas aconteceram, desentendimentos e muita apredizagem também. Ele me mostrou um outro lado de mim mesma e me ajudou a melhorar muita coisa em mim. Porém, nós terminamos novamente. Foram quatro meses loucos, não estávamos juntos, mas nos falávamos todos os dias e dividíamos com quem cada um tinha ficado. Quando encontrei com ele foi a primeira vez que tive a sensação de tremer por dentro, porém ele não merecia meus beijos aquele dia ( mesmo eu morrendo de vontade de fazer isso). Foi quando em uma das muitas vezes que ele aparecia aqui, percebemos que estávamos agindo como namorados, então...

Estamos juntos até hoje.

Aquele garoto que conheci há três anos, hoje é um homem. Aquela garota, hoje é uma mulher. Nós dois sabemos que nos influenciamos de forma recíproca. Vivemos muita coisa juntos e aprendemos muito um com o outro. Somos melhores amigos, confidentes, namorados, amantes, companheiros, etc. Por isso que cada dia que passa nosso namoro fica melhor.

É a primeira vez que faço algo tão "público" para mostrar nossa história e dizer o quanto o amo, mas acho que esse é o momento apropriado.


Bom, isso não é amor, o que mais pode ser?


Te Amo, Italo!

8 explosões:

Melanie Brown disse...

Uffa!!:D
É de momentos assim que se escreve uma intesa historia de amor, SEJAM MUITO FELIZESS!!
beijiinhO'

Flor disse...

Feliz Dia dos Namorados.

=)
E adorei sua visita.

Beijo grande.
P.S.: sou pessoa rara que se encontra com o ex-namorado, no dia dos namorados.
=)

Fúlvio Costa disse...

Olá garota, bela história. PARABÉNS! PASSANDO SOMENTE PARA DIZER QUE SEU BLOG ESTÁ CADA VEZ MAIS INTERESSANTE. EI, ESTOU COM UM NOVO BLOG. ESSE É SOBRE CINEMA. GOSTARIA QUE VOCÊ ADICIONASSE AÍ NA SUA LISTA DE BLOGS: http://www.cinemaecompany.blogspot.com.
Bom fim de semana!

Clau disse...

Muito linda a historia de vcs,com certeza é amor sim, um amor lindo lindo lindo! Felicidades, sempre!
Clau

disse...

Só pode ser amor, né? Adorei a história de vocês, muito diferente.. Beiijos.

Hosana Lemos disse...

Só posso desejar felicidades, não é todo dia que se encotra histórias assim!
^^

bjão

Letícia Queiroz de Figueiredo disse...

luiiisa minha filha...ta te superando ein..se nao é amor..nao sei o que é entao! Tu sabe que eu sempre sou a favor da tua felicidade ^^ bjao luuuh!

Italo disse...

eu sou muito foda fala sério!! =X uashuashuashusha te amo muito e obrigado por está sempre ao meu lado! =***